13 de julho de 2012

Relembrando

Quando descobri que ia ser mãe, foi um misto de felicidade e preocupação....bem assim!!
E olha que eu estava tentando engravidar há um ano, mas quando peguei o resultado pensei: Não acredito, eu mãe? Eu não tinha cara e nem jeito de mãe, para vocês terem ideia eu tinha medo de pegar um RN, enfim começou todas as duvidas...
Heitor desde quando estava na minha barriga nunca me deu trabalho, foi uma gestação tranquila, um dia antes do grande dia tive que me internar porque estava com uma bacteria então tive que tomar uma medicação, fiquei na enfermaria e graças a Deus tinha outras mamães lá e isso foi muito bom porque ficamos conversando e o dia passou rapido, somente a madrugada que parecia uma eternidade, acordei varias vezes por conta da ansiedade, pela manhã maridão chegou super cedo e isso me deu uma certa tranquiladade!
É engraçado pensar nisso tudo agora, mas na hora esta muito ansiosa e com um certo medo, eles me deram uma camisola para me vestir e fui assim para o centro cirurgico, e lá fiquei esperando algum medico chegar, mas demorou muito, só escutava as conversas deles, derepente chega a anestesista super simpatica e conforme ela ia fazendo os procedimentos ela ia me falando (e isso me dava mais medo) e ela lá como se fosse a coisa mais normal do mundo (para ela deve ser) mas era a minha primeira vez e para mim era o bicho de sete cabeças. Por fim chega os outros médicos, a pediatra, a enfermeira e o marido, e eu lá toda despida (que vergonha) nessa altura já não sentia mais abaixo da cintura, e parecia que eles estava mexendo num corpo morto! 
Lembro do meu marido dizendo Heitor nasceu! (ele não chorou), logo depois a pediatra trouxe ele para mim, foi muito rápido, só vi que ele era lindo!
Depois que levaram Heitor fiquei um bom tempo na sala cirúrgica, e lembro do meu marido dizendo estão te queimando, eu não acreditei porque ele é muito brincalhão e também não sentia nada (rs), depois lembro da forma "delicada" que a enfermeira colocou a fralda em mim e depois fui para a sala de recuperação, onde sempre vinha alguem perguntar se eu estava sentindo minha perna, fui levada para o quarto mesmo sem sentir uma das pernas, durante o dia foi bem movimentado com as visitas e nem senti nada, Heitor somente dormia, e eu preocupada que ele não mamava (coisa de mãe). Aquela primeira noite foi terrível, estava exausta e Heitor chorava, ele não pegava o peito, minha irmã tentava ninar ele e ums outra mãe que ainda tava com seus gêmeos na barriga me ajudou nessa hora, por fim ele acabou dormindo nos meu braços e eu  dormi sentada, lembro que na madrugada uma senhora (acompanhante de outra mamãe) pegou o Heitor e colocou ele no bercinho ao meu lado, acordei minha irmã e pedi para ela abaixar a cama. No outro dia eu estava melhor, me ajudaram a tomar um banho (super rápido, mas um banho tão desejado),tomei meu café da manhã e fui para casa de mamãe.
E assim começou a minha vida de mãe!!!

8 comentários:

  1. Ai que legal relembrar né amigaa??? Tb as vezes fico vendo minha filha e passa um filme ... é mágico .. rsrs .. bjs pra vcs

    Roberta e Luma

    ResponderExcluir
  2. escrevi um comentario enorme e deu erro sacanagem mas adooooro ler essas historia e como se me visse no parto de novo e muita emocao e mega alegria transborda o corpo de uma forma que vc se torna mae parece que ja sabe tudo que deve fazer e muito bom .bjocas

    ResponderExcluir
  3. Oi Gleysa, a gente nunca vai se sentir preparada... eles vão crescendo e os sentimentos tb vão... é uma loucura ser mãe, mas no fim conseguimos dar conta de tudo, pois é nosso famoso "instinto materno" que nos conduz.
    Belo post.

    Bjus, Genis
    http://mamaegenis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Q poster lindo... como é bom relembrar esse dia né?
    Estou sentindo falta de visitas no meu cantinho

    ResponderExcluir
  5. Aii, que delícia!!!
    Achei linda a foto!!!

    Também lembro como se fosse ontem quando meu bebê nasceu!!

    Esse Heitor é um lindo desde sempre, hein? Parabéns!!!

    Beijos e bom fds!!

    ResponderExcluir
  6. Que emoção, é realmente muito bom relembrar, amei as fotos do niver, parabéns Heitor!
    Bjinhus
    www.gustavoegaby.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Amiga, eu e marido saímos chorando da maternidade de medo de ter um RN nos braços e não saber cuidar daquele ser tão delicado. Marido chorou um pouco e eu chorava tanto que uma enfermeira veio me perguntar se eu estava bem e se não queria ajuda, pois achava que tinha alguma coisa de errado. O medo tomou conta de nós dois, mas quando cheguei em casa com a Luisa, tudo se acalmou. Pensei em quantas pessoas tem filhos e deu tudo certo, por que comigo tbem não daria? Foi meio tenso no começo mas deu tudo certo. E é uma delícia essa vida de mãe né! bjo

    ResponderExcluir
  8. Aiai..... o blog é uma terapia! Quem nos faria amar e amar e amar de novo sempre que quiséssemos? Emocionante seu post. BeijoBeijo. Andrea e Lara. http://coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Eu e Heitor adoramos saber a sua opinião!
Responderei as perguntas por email!

Forte abraço de mamãe ursa!